Avaaz se junta à campanha contra Belo Monte

Publicado em 18 de janeiro de 2011

O Avaaz, uma das maiores redes sociais para mobilização global através da internet, se juntou ao Movimento Xingu Vivo para Sempre na defesa do rio e lançou uma nova campanha de assinaturas contra a hidrelétrica de Belo Monte.Esta campanha se somará à petição do Movimento, disponível no nosso site, para demonstrar ao governo brasileiro que milhares de brasileiros se opõe ao projeto.

Em seu abaixo assinado, o Avaaz alerta que “Belo Monte seria maior que o Canal do Panamá, inundando pelo menos 400.000 hectares de floresta, expulsando 40.000 indígenas e populações locais e destruindo o habitat precioso de inúmeras espécies — tudo isto para criar energia que poderia ser facilmente gerada com maiores investimentos em eficiência energética.

A pressão sobre a Presidente Dilma está aumentando: o Presidente do IBAMA acabou de renunciar, se recusando a emitir a licença ambiental de Belo Monte e expondo a pressão política para levar este projeto devastador adiante. Especialistas, lideranças indígenas e a sociedade civil concordam que Belo Monte é um desastre ambiental no coração da Amazônia.

As obras poderão começar logo. Vamos aumentar a pressão para Dilma parar Belo Monte! Assine a petição, antes que as escavadeiras comecem a trabalhar — ela será entregue em Brasília”

Para assinar, clique em https://secure.avaaz.org/po/pare_belo_monte/?cl=913600897&v=8189, e ajude a divulgar!

Comentários (5)

  • MANOEL BEZERRA |

    21/01/2011

    aqui vai o meu protesto sou total contra este projeto vamos parar de imediato chega de destruiçao senhora dilma amamos a natureza diga mil vezes nao a sra tem poder pra isso existe outros meios enrgetico sem destruir o que nosso DEUS NOS DA CHEGA DE SOBERBA CHEGA DE EGOISMO PRECISAMOS DE AR PURO VIVA A AMASONIA UM ABRAÇO PELA NATURESA

    Responder
  • Cristiano C R Cunha |

    09/02/2011

    Lamentável que diante de tantas alternativas viáveis (sauáveis) e muito mais eficazes para geração de enrgia ainda prefiram esse modelo mais que ultrapassado de energia poluidora que, afora os sabidos prejuízos de toda ordem, não traz qualquer benefício para quem não é acionista das diversas empresas interessadas em levar adiante este projeto vergonhoso que resta por revelar estar nosso Ministro de Minas e Energia muito mais capacitado para gerir um "Ministéro do Museu de Cera", onde não seria vergonha implementar um projeto com "tecnologia" deveras nociva superada há mais dez anos.

    Responder
  • Regia Maria |

    07/04/2011

    Já acabamos com a mata Atlântica não vamos fazer o mesmo com a Amazônia!!!!….

    Responder
  • Caio Santini |

    18/11/2011

    7% da mata atlântica é o que nos resta,o cerrado vem sofrendo fortes agressões nos últimos anos,a amazônia perde campos de futebol a cada dia…Belo monte é uma burrice…mas não é a única…enquanto não nos mobilizarmos e sairmos dos cubos que chamamos de casa para mostrarmos nossa discórdia tenderemos ao caos.

    Responder
  • nelson |

    18/02/2012

    Lamentável a ignorância dessas pessoas que são contra a construção de belo monte, um bando pau mandado que não sabem nem como funciona o projeto, acreditam até que os índios vão sair das suas terras? Teve uma que até comentou, "diante de tantas alternativas viáveis (sauáveis) e muito mais eficazes para geração de enrgia" mais viávei e mais eficazes??? impossível, não fale bobagem.

    os gringos querem que o Brasil seja só mato, Belo Monte nem vai inundar um enorme espaço, precisamos de Belo monte para o futuro, ou vocês preferem umas 5 usinas nucleares??? pois energia eólica e solar é eficiente só na cabeça retardade de vocês e dos atores da Globo, se alguns países usam esse tipo de energia é porque esses países são pequenos e com uma geografia não boa para hidrelétrica, parem de ignorância e visitem o site do tvbelomonte, lá tem informação confiável sobre a usina

    Responder

Faça seu comentário

Nome
*obrigatório
E-mail
*obrigatório
Website

Divulgue!