Marcha reúne 500 pessoas em São Paulo

Veja as fotos do último encontro de mobilização contra a construção da usina de Belo Monte e as alterações no Código Florestal e saiba como foi em São Paulo.
Publicado em 19 de julho de 2011

Cerca de 500 pessoas saíram às ruas de São Paulo na tarde de domingo (17/07) para protestar contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte e as alterações no Código Florestal. De cara pintada e empunhando mensagens pedindo proteção às florestas e aos rios da Amazônia, os manifestantes se concentraram no Vão Livre do Masp antes de saírem em marcha pela Avenida Paulista.

Quando chegaram no cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luís Antonio, os manifestantes realizaram um ‘sit-in’ – sentaram-se e ocuparam pacificamente a rua durante mais de 20 minutos, cantando e manifestando seu repúdio à destruição das florestas brasileiras. Também foi feito um minuto de silêncio em memória dos ambientalistas e líderes comunitários mortos recentemente na Amazônia.

Essa é a terceira marcha organizada em São Paulo pelo Movimento Brasil pela Vida das Florestas, movimento apartidário e descentralizado, sem vínculos com instituições e empresas. De acordo com os organizadores, o movimento “surgiu a partir de uma iniciativa voluntária e como uma demanda da sociedade pela conservação do patrimônio ambiental e étnico do Brasil, tendo em vista a sua importância para a sustentação da sociedade humana em todas as suas dimensões”.

A construção da usina de Belo Monte e as mudanças no Código Florestal também foram alvos de protestos em Manaus. Assim como na capital paulista, a mobilização foi organizada por meio da rede social Facebook.

“É muito importante termos consciência que o nosso protesto não se encerra no final da manifestação. Se cada um dos participantes da manifestação também agir individualmente, teremos grande potencial de mudança e fortalecimento do movimento, que é de todos nós”, diz o site do Movimento Brasil pela Vida nas Florestas.

Fotos: Pedro Martins e Luanda Francine

Comentários (2)

  • Antonia |

    20/07/2011

    Bravos amigas e amigos da luta pela a vida dos povos do Xingu, da Amazônia e do Planeta! Pois apesar de termos na nossa frente o governo brasileiro empurrando goela abaixo o PAC coliado aos grupos econômicos e a omissão da justiça, para cruelmente sómente destruir a vida em todas as dimensões socio ambientais. Está sendo bonito de vê muita gente entrando na luta abraçando esta causa que cresce muito!!!! Só Povo nas ruas protestanto contra esta destruição e morte, povo exigindo do governo respesito e fazendo nossas vozes serem ouvidas! É que vamos conseguir mudar este senario de ditadura.

    Parabéns, sintam-se todas e todos movimento Xingu Vivo Para Sempre!´Só povo livre nas ruas faz a poder tremer e até cair.

    abraços Xinguanos.

    Antonia Melo

    Responder
  • Sergio Paes |

    20/07/2011

    Temos muito orgulho de você, Antonia Melo, de seu exemplo de cidadania e coragem para o mundo!!

    Grandes esperanças e luta dura até a vitória das florestas, do Rio e dos povos xinguanos.
    Estamos juntos a favor da vida e contra Belo Monte!

    Saudações, querida guerreira!
    Sérgio Paes

    Responder

Faça seu comentário

Nome
*obrigatório
E-mail
*obrigatório
Website
cancelar

Divulgue!