Demitido da Funai, Megaron diz que ato foi motivado por oposição a hidrelétricas

Publicado em 01 de novembro de 2011

No último dia 28, o cacique kayapó Megaron Txucarramãe foi demitido sumariamente e sem aviso prévio da coordenação regional da Funai de Colider, MT. Sua exoneração foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda, 31, através de uma portaria, que comunica que “o diretor de promoção ao desenvolvimento sustentável da fundação nacional do índio – Funai, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Portaria no 719/PRES, de 10 de julho de 2009, publicada no Diário Oficial da União No 132, de 14 de julho de 2009, resolve: No- 55 – Exonerar o servidor MEGARON TXUCARRAMAE, matrícula no 0444614, CPF no 013.015.768-67, do cargo em comissão de Coordenador Regional, código DAS 101.3, da Coordenação Regional de Colíder-MT”.

De acordo com Megaron, a demissão foi política. “Com certeza é por causa da minha oposição a Belo Monte e às hidrelétricas do Teles Pires e do Tapajós. Não tem outro motivo. É perseguição política. E eles são tão covardes que não me chamaram para conversar, só recebi a notificação da Funai”.

A reação dos kayapó à exoneração de um de seus maiores líderes foi imediata. Segundo a filha de Megaron, Mayalú Txucarramãe, os kayapó do Alto e do Médio Xingu estão se mobilizando para pressionar o governo a rever a demissão, e há uma posição unânime de que não será aceita qualquer tentativa de substituição de Megaron à frente da Funai de Colider. “O nosso povo vai reagir, isso aqui vai parar, não vamos aceitar um absurdo desses”, afirma Mayalú.

Na tarde desta terça, 1o de novembro, os kayapó enviaram uma carta ao Ministério da Justiça exigindo a revogação da demissão, e divulgaram uma nota pública condenado o ato.

“Tendo em vista que a Funai não apresentou qualquer justificativa para a tomada deste ato extremo, nós, indígenas liderados pelo Cacique Raoni, entendemos que não há motivos para esta decisão, que consideramos arbitrária e contra os princípios do estado democrático. Megaron Txucarramãe vem lutando, há décadas, em defesa do seu povo, de forma digna, sem nunca ter cometido alguma ilegalidade, e sempre respeitado a Constituição Federal”, afirma  a nota.

E conclui: “em razão da truculência, da ilegalidade do ato, da falta de motivos, do evidente preconceito que está contido no decreto de exoneração, nosso povo requer a revogação dessa Portaria. Queremos e pedimos que Megaron Txucarramãe continue a frente do cargo de Coordenador Regional de Colider-MT, por entender que ele é a pessoa mais apropriada para defender e lutar por nossos interesses e direitos, como sempre vem realizando, sem medir nenhum esforço para realização dessas ações. Lembre-se da história de luta e de vida que tem o senhor Megaron Txucarramãe, sucessor do Cacique Raoni, desde a década de 60 acompanhado dos irmãos Villas Boas na criação da Terra Indígena do Xingu, entre outras lutas para a defesa da sobrevivência de todas as populações indígenas do Brasil.”

De acordo com Sheyla Juruna, liderança indígena do Movimento Xingu Vivo para Sempre, a decisão da Funai assume um caráter de retaliação a partir do momento em que ocorre um dia após a ocupação do canteiro de obras de Belo Monte em Altamira, na madrugada do dia 27. “É inacreditável que se trate dessa forma, com essa falta de respeito, um cacique e chefe da nação kayapó. Parece vingança mesquinha, é de uma inadmissível falta de compostura e dignidade por parte do governo brasileiro. Esta é a única resposta que ele tem a nos dar quando exigimos nossos direitos constitucionais, jogados no lixo com o projeto de Belo Monte? Acha que com isso desistiremos de lutar? É uma injustiça que me revolta, mas isso só aumenta nossa força de resistência contra  Belo Monte e todas as outras hidrelétricas planejadas na nossa Amazônia”.

Comentários (15)

  • Patrick C Fonseca |

    02/11/2011

    O governo nosso é vergonhoso, medidas extremas por parte nossa deveria ser tomada também, a gente ta esperando o que? "Eles" pensam que podem fazer o que bem entender com o Brasil nas mãos, o Brasil é nosso, e quando nossas vozes gritarem por justiça, irmandade e paz as estruturas do senado irá se abalar. Desengavetar um projeto da época da ditadura militar e iludir a população local com uma oportunidade de emprego temporária, ver este projeto ser construido por nossas mãos, não desce! Quantos meios de se gerar energia elétrica não existe hoje em dia? As vezes me pergunto o que eu poderia fazer contra toda essa corrupção…

    Responder
    • SIDINEI |

      21/08/2013

      UMA IDÉIA É COLOCAR ESTES VIDEOS QUE FALAM DA DESINTRUSÃO, NOME QUE DERAM A EXPULSÃO DOS PROPRIETÁRIOS DE TERRAS, NUM TELÃO EM PRAÇA PÚBLICA TODOS OS DIAS NOS CENTROS DE TODAS AS CIDADES DO BRASIL PARA MOSTRAR AO POVO O QUE ELES IGNORAM QUE É O TRABALHO QUE ESTE GOVERNO TEM FEITO AO BRASIL,
      DIVISÃO DE TERRAS PARA A DOMINAÇÃO QUE JA VEM.

      Responder
  • Gilberto Gasparetto |

    02/11/2011

    Todo o apoio ao grande líder Megaron Txucarramãe!

    Responder
  • Ana Valéria |

    02/11/2011

    *Exoneração de MEGARON… Ato Político ABESTALHADO!

    Responder
  • BRita BRazil |

    03/11/2011

    MEGARON, é um lider indígena q dá sua vida pela causa, o cara mais sério mais preocupado, que tão bem representa seu povo. ISTO mostra que o plano deste GOVERNO TRAIDOR, QUE JÁ VENDEU O BRASIL, NOSSAS TERRAS, NOSSA GENTE, É TIRAR DA RETA QUEM MAIS DEFENDE OS INDÍGENAS E PROTEGE NOSSA NATUREZA. Estive no escritorio da Funai na sala do Megaron em Colider, MT em dezembro de 2010, e o vi trabalhar. É impressionante sua calma, respeito, inteligencia e dinamismo. Ele é um tesouro que o Brasil deveria respeitar. Deveria estar ganhando uma medalha se o BRasil aidna tivesse HONRA AO MÉRITO, ao invés de EXONERAçÂO por cumprir bem seu cargo. Ele é um verdadeiro guerreiro, um herói verdadeiro, não aqueles do Big Brother… tá na hora de o Brasil cansar de mutreta, e valorizar o que se tem de bom, tirando os troféus de quem rouba e destroi nossa nação.

    Ele é a porta de todo Mato Grosso e do Pará. Fiquei encantada com esta FUNAI em COLIDER. Admirei, achei a mais certa, por ver ela tomada por indígenas, como TODOS os postos da FUNAI DEVERIAM SER. Lá é onde os líderes cuidam de todas as tribos da redondeza. É um plano escancarado de exterminação de nossos indígenas. Ano q vem o povo ta votando nestes politicos, q estão fazendo do Brasil um canteiro de obras, sem plano, sem perspectivas, não estão nem aí pro impacto q isto causa às pessoas e Natureza. TUDO È NUMERO.. MEGARON é chefe de uma nação! Assim como Lula, Dilma, sendo que eles tem bom caracter e ainda tem ideologia. Os líderes indígenas tem que ser respeitados , que grosseiria e crime não respeitar nossos chefes indígenas, assim como se respeitam os nossos É PRECONCEITO, É UM ABSURDO! MEU NOJO E MENOSPREZO Á POLITICA BRASILEIRA. MEGARON DE VOLTA AO SEU CARGO JÀ!!!!!!!!!

    Responder
  • valmy couto |

    03/11/2011

    No momento tem que acabar com o desmatamento, senão a terra esquentará mais rápido! Isto é evidente, não precisa ser cientista! Valmy couto

    Responder
    • BRita BRazil |

      03/11/2011

      MEGARON é um tesouro que o Brasil deveria respeitar. Verdadeiro guerreiro, um herói, não aqueles Big Brothers… tá na hora de o Brasil cansar de mutreta e valorizar o que ele tem de bom, tirando os troféus de quem rouba e destroi nossa nação. A FUNAI DE COLIDER é a porta de todo Mato Grosso e do Pará. Fiquei encantada quando fui lá, eu achei q era a única FUNAI certa, esta de COLIDER por ver ela tomada por indígenas, pois lá era onde eles cuidavam de todas as tribos da redondeza. É um plano escancarado de exterminação de nossos indígenas. Ano q vem o povo ta votando nestes politicos, q estão fazendo do Brasil um canteiro de obras, sem plano, sem perspectivas, não estãonem aí pro impacto q isto causa às pessoas e Natureza. TUDO È NUMERO.. MEGARON é chefe de uma nação! Assim como Lula, Dilma, sendo que ele tem bom caracter e ainda tem ideologia. Os líderes indígenas tem que ser respeitados , que grosseirira e crime não respeitar os chefes indígenas. É PRECONCEITO, É UM ABSURDO! MEU NOJO E MENOSPREZO Á POLITICA BRASILEIRA. O MEGARON, um lider indígena q dá sua vida pela causa, o cara mais sério, mais preocupado, que tão bem representa seu povo. ISTO mostra que o plano deste GOVERNO TRAIDOR, QUE JÁ VENDEU O BRASIL, NOSSAS TERRAS, NOSSA GENTE É TIRAR DA RETA QUEM MAIS DEFENDE OS INDÍGENAS E PROTEGE NOSSA NATUREZA. MEGARON DE VOLTA AO SEU CARGO JÀ. ISTO È UMA POUCA VERGONHA! E QUEM FEZ ISTO È TÃO COVARDE QUE NÃO MOSTRA A CARA.

      Responder
  • maly terena |

    03/11/2011

    ´Nós Povos Indigenas Terena, Kaigang e Guarani e Tupis uarani do Estado de São Paulo, REPUDIAMOS este ATO INFELIZ DO ENTÃO QUE SE DIZ ANTROPOLGO – MÁRCIO MEIRA-PRESIDENTE DA FUNAI, e sua cúpula, que são preparados para tentar desmoralizar a nossa capacidade e integridade moral, perante ao Governo DILMA, que com certeza tbém teve participação neste Processo. Somos Povos Indigenas, nossa INTEGRIDADE INTELECTUAL e nossa PARTICIPAÇÃO AOS NOSSOS DIREITOS HUMANOS, tem que ser respeitadas, nós também somos contra a CONSTRUÇÃO DA HIDRÉLETRICA DO BELO MONTE, se mexeu com o nosso lider indigena, que é um cidadão brasileiro e defende os nossos anseios, as nossas POLITICA INDIGENA, o governo tem que respeitar ou pelo menos dialogar com nós. pois, a questão ambiental, a nossa diversidade temos que defender e lutar, nem que for para tirar as nossas vidas, somos guerreiros," MEGARON VC NÃO ESTÁ SÓ, ESTAMOS DO SEU LADO"o governo tem que ouvir todos nós!!! Abraços MALY TERENA/SP

    Responder
    • carlos |

      24/11/2011

      Epa parente, fala pelo seu povo Terena enão pelos guarany e tupi guarany, não temos nada haver com isso, segura a sua onda e assuma a sua postura.

      Responder
  • ricardo |

    03/11/2011

    . . . .. . vamos lutar . . .. lutem para q os grandes caciques, q já se foram, orgulhem da luta de voces…. é a hora de vçs escreverem o nome de suas tribos/nações na história oficial do Brasil vamos à luta !!!!!!!!!!.

    Responder
  • Grace Gianoukas |

    03/11/2011

    O absoluto desrespeito aos povos indígenas, verdadeiros donos desta terra, me faz sentir vergonha de ser brasileira!!!!
    Apesar de ser descendente de colonizadores,eu não consigo admitir este absurdo. Essa gente que está no poder, não me representa.
    Herói, de verdade, pra mim, é o Cacique Raoni e todos os índios, que como ele, lutam, ou lutaram, pela integridade de seu povo.
    Como é possível que a Usina de Belo Monte ( de m…) tenha sido aprovada?
    Minha vontade é contratar vários caminhões pipa pra alagar a casa de todas as pessoas envolvidas na concepção e aprovação destas hidroelétricas em terras indígenas e áreas de preservação.
    Coragem, bravos povos indígenas!!!! Que a lei da vida cubra-os de luz e justiça!!!!
    .
    Recebam meu apoio e profunda admiração
    Grace Gianoukas

    Responder
  • alcidesio barbosa |

    03/11/2011

    Nosso pais esta passando por uma crise de identidade moral e racional,não escuta as lideranças indigenas acarretara no futuro,não muito longe um desequilíbrio da natureza que as gerações futuras irão ser as mais prejudicadas,……………………..nossos politicos nã otodos mais uma boa parte podem ser considerados bandidos,picaretas escroque da pior especie,enfim a mafia italiana perde feio em relação a quadrilha de politicos brasileiros

    Responder
  • Daniel Santiago |

    03/11/2011

    Megaron é um líder autentico. Defende as etnias do PIX e os da TI Capoto/Jarina.
    Precisa ser preservado. E respeitado.
    Belo Monte não atende aos interesses da maioria dos povos indígenas na região.
    Daniel santiago

    Responder
  • Irani Cunha da Silva |

    06/11/2011

    Oi Megaron,fiquei surpreso com a sua exoneração da administração de Colider.
    Como velho colega de trabalho,lamento bastante o ocorrido.
    Interesses anti-indígena, gerido por executores públicos ”Paus mandados” na certa “Passarão”.

    “Por ter sido mais injustiçado que os outros,me foi conferido a honra de ser chefe,e eu decidi provar que era merecedor dela”. Gerônimo (1819-1909) Líder Apache
    Irani Cunha da Silva

    Responder
  • Maria de Jesus |

    12/11/2011

    O elemento indio é um cidadão como qualquer brasileiro, e como tal deve ser tratado. Se ele tiver que ser consultado para construção de usinas ou outro empreendimento qualquer, todo povo brasileiro tambem tem esse direito. Ao passo que o elemento índio conquistou sua cidadania plena ao usufruir o direito de votar; escolhendo os dirigentes em todas as instancias governamentais, deve passar a receber tratamento absolutamente igual a todo cidadão brasileiro.

    Responder

Faça seu comentário

Nome
*obrigatório
E-mail
*obrigatório
Website

Divulgue!