Nesta quarta, mais de 100 protestam contra a Vale em frente à sede da empresa, no Rio

Publicado em 18 de abril de 2012

Nesta quarta, 18, representantes de comunidades e trabalhadores de vários estados brasileiros e do Canadá, afetados pela Vale, fazem um grande protesto em frente à sede da empresa no Rio de Janeiro. A manifestação ocorre concomitantemente à reunião anual de acionistas da mineradora.

A manifestação, que deve reunir mais de 100 pessoas, fará denúncias de violações de direitos humanos, direitos trabalhistas e danos ambientais causados por diversos empreendimentos da Vale no Brasil e no exterior, como contraponto ao balanço anual publicado pela empresa sobre suas supostas políticas de responsabilidade social e ambiental.

Mas a intervenção sobre a reunião de acionistas não ocorrerá apenas às portas da empresa. Representantes de organizações sociais, que adquiriram ações da companhia e com isso têm o direito de participar do evento, apresentarão questionamentos técnicos, jurídicos, econômicos e de danos patrimoniais e de imagem acerca das práticas operacionais e financeiras da Vale. O objetivo é apresentar para o corpo de acionistas elementos que podem causar tanto danos econômicos quanto morais aos seus sócios.

“Por exemplo, a hidrelétrica de Belo Monte, da qual a Vale detém 9% das ações, não aparece em nenhum relatório, balanço ou outro documento direcionado aos acionistas da empresa. E sabemos que é um projeto de altíssimo risco, tanto do ponto de vista jurídico (há mais de 10 ações contra Belo Monte tramitando na Justiça), quanto econômico – o financiamento da obra ainda não está garantido – e principalmente de imagem, em função dos gravíssimos impactos sociais e ambientais”, explica Brent Millikan, co-autor do documento “Mega-projetos, Mega-riscos”, sobre os riscos de Belo Monte.

Coletiva sobre Relatório de Insustentabilidade da Vale
Logo após a manifestação, as entidades que compõem a Articulação Internacional dos Atingidos pela Vale promovem, às 13h, uma coletiva para o lançamento do relatório inédito de insustentabilidade da Vale, documento que espelha o relatório de responsabilidade da empresa e aponta, ponto a ponto, suas incongruências.

Serviço:

Ato em frente à Vale

Local: Av. Graça Aranha, 26, Centro – Rio de Janeiro
Hora: 10:30h

Coletiva de lançamento do relatório de Insustentabilidade da Vale
Local: SinMed/RJ – Avenida Churchill, 97 – Castelo – 11º andar (Auditório
Hora: 13:00h

Faça seu comentário

Nome
*obrigatório
E-mail
*obrigatório
Website

Divulgue!