Articulação inédita de indígenas e pescadores promove nova ocupação de Belo Monte

Após o não cumprimento de acordos por parte da Norte Energia, ocupação permanecerá até que todas as reivindicações sejam atendidas, dizem indígenas
Publicado em 09 de outubro de 2012

Por volta das 19h desta segunda-feira (8), cerca de 120 manifestantes  indígenas das etnias Xipaia, Kuruaia, Parakanã, Arara do rio Iriri, Juruna, e Assurini uniram-se aos pescadores, que estão há 24 dias protestando contra o barramento definitivo do rio Xingu (PA), e ocuparam novamente a ensecadeira do canteiro de obras de Pimental para paralisar a construção de Belo Monte. Os indígenas tomaram as chaves de caminhões e tratores na ensecadeira, e os trabalhadores tiveram que deixar o local a pé.

De acordo com os manifestantes, a ação, que é pacífica, ocorre em função do completo descumprimento dos acordos firmados pelo Consórcio Norte Energia com os indígenas depois da última ocupação da ensecadeira, entre junho e julho deste ano; o não cumprimento de grande parte das condicionantes; a total falta de diálogo da empresa com os pescadores; e a ameaça concreta de alagamento de parte de Altamira com o barramento definitivo do rio Xingu. Pequenos agricultores, moradores de Altamira e oleiros da região devem se juntar aos protestos ao longo da semana.

Os manifestantes acusam o empreendimento de fechar o rio sem que tenha sido solucionada a transposição de barcos de um lado a outro da ensecadeira, como exige a Licença de Instalação (LI) outorgada pelo Ibama.

De acordo com o órgão, o fechamento do rio não poderá ocorrer e a empresa não poderá interromper o fluxo de embarcações até que o sistema provisório de transposição de embarcações esteja em pleno funcionamento (item 2.6 da LI).

Segundo os pescadores, a ensecadeira, que tem mais de 5 km, deve ser concluída nos próximos dias. “O que temos aqui é uma cena de terra arrasada. A ilha de Pimental foi completamente destruida, só é árvore no chão, e a água está podre. É muito chocante”, afirma um dos manifestantes.

De acordo com os indígenas, desta vez a ocupação deve permanecer até que todos os acordos firmados em julho tenham sido cumpridos. Os pescadores também reafirmam a intenção de permanecer por tempo indeterminado.

Apoio
Todo o apoio aos manifestantes neste momento é essencial. Nesse sentido, qualquer contribuição financeira para a luta é muito importante e benvinda. Aqueles que desejarem ajudar, podem depositar qualquer quantia nas conta:

Mutirão pela Cidadania, CNPJ 01993646/0001-80
Caixa Economica Federal –  Agencia- 0551   OP- 003  Conta/Corrente – 1532-7
Banco Bradesco – agencia -1011   C/C- 32955-0

Veja as fotos da ação de segunda a noite

Comentários (12)

  • Pedro |

    09/10/2012

    Que mentira da Porra!!!!
    A foto de cima eu desconheço – mas repare nas montanhas ao fundo
    A segunda foto é da escavação em rocha do sitio belo monte a 40 km da ilha de pimental…..E veja que não há montanhas ao fundo
    Por Favor – mostrem a verdade!!!!

    Responder
  • altamira |

    09/10/2012

    Vocês são doidos e mentirosos, essa foto abaixo é do sítio belo monte kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
  • Altamira |

    09/10/2012

    Infelizmente vocês estão enganados ou querendo enganar as pessoas que não conhecem a verdade sobre a obra de Belo Monte. Fazer uma montagem dizendo que a área devastada corresponde à ilha de Pimental é uma piada. Essa foto é da região da csa de força e tomada d'água de Belo Monte.

    Responder
  • Vinicius |

    09/10/2012

    Essa Imagem está errada. Essa foto não pertence à ilha de Pimental, pertence a área uma área de escavação dentro do permitido localizado no Sítio Belo Monte, próximo à Transamazônica. Seria importante para o autor do post inserir informações condizentes com a realidade, ao invés de denegrir a imagem do empreendimento por meras especulações.
    Peço que seja profissional e sensato ao ponderar o comentário, sabendo que temos o direito de intervir com nossa opinião.

    Responder
  • sheyla juruna |

    09/10/2012

    força parentes!…e jamais negociem anossa vida!!!

    Responder
  • sheyla Juruna |

    09/10/2012

    Desejo muita força parentes e bravos guerreiros…Torço para que a vitória seja alcansada…
    Resistir sempre.Negociar a nossa vida jamais!!!

    Responder
  • ecocheervegan |

    09/10/2012

    RESISTIR A ESTA DESTRUIÇÃO AMBIENTAL SEMPRE!

    Responder
  • sudam |

    12/10/2012

    se depender de mim esta obra tem que parar pois estao destruindo a natureza e muitos lares eu peco em nome do senhor jesus cristo e o espirito santo cuide deste povo que estao lutando que eles nunca desanime pois o brasil precisa e de gente valente como vcs morei ai 3 meses e hoje estou de volta a minha cidade natal e meu esposo esta ai rezo pra ele voltar pra casa todos os dias e sei que o espirito santo vai olhar por todos nos que somos comtra esta usina

    Responder
  • luciana |

    14/10/2012

    TEMOS QUE parar com esse crime ambiental!!! FORA NORTE ENERGIA!!!

    Responder
  • sudam |

    15/10/2012

    lute pessoal vamos nao abre mao dos teus direitos não a como eu queria esta ai pra lutar de perto por este povo

    Responder
  • christophe Burelou |

    25/12/2012

    Quand enfin allez vous respecter cette planete, le barrage ne sert a rien. TOUS les brevet de découvertes sur des énergies non poluantes et accessible a tous a moindre cout, doivent sortir des cartons. Nous allons tous dans le mur a cause de quelques technocrates, investisseurs et ingénieurs de merde

    Responder

Faça seu comentário

Nome
*obrigatório
E-mail
*obrigatório
Website

Divulgue!